"Também o homem que adulterar com a mulher de outro, havendo adulterado com a mulher do seu próximo, certamente morrerá o adúltero e a adúltera". Lv 20.10.

Os inimigos de Jesus sempre procuravam ocasião, oportunidades para terem do que acusá-Lo.
Aproveitavam cada oportunidade. Criavam situações.
Agora, eles tinham em suas mãos uma mulher que havia sido surpreendida no próprio ato de adultério. Acharam que aquele era o momento para "encurralar" o Senhor.
A lei exigia a pena máxima para esse tipo de transgressão. Lv 20.10

- "O que dizes", foi a pergunta.
Se Jesus dissesse que era para aplicar a Lei, iria contradizer a compaixão e a misericórdia que até agora ele havia pregado. Se liberasse a mulher sem nenhum castigo, então ele mesmo seria um transgressor da Lei.
Que situação! Como sair dessa?

Jesus não veio para condenar, mas para salvar o mundo. Jo 3.17
Só que ele mesmo declarou que também veio para cumprir a Lei. Mt 5.17
Que dilema!

Aquela mulher e o seu pecado foram expostos publicamente... Só que aqueles homens acabaram fazendo um grande favor aquela mulher. Sem saberem, a levaram diante do único que podia perdoá-la.
A intenção deles era outra: colocar o Senhor Jesus em uma situação e depois terem do que acusá-Lo.
Por que não trouxeram também o homem que com ela estava no momento da infidelidade? A Lei contemplava um castigo para ambos...
A Lei condenava a morte os que cometiam esse tipo de pecado, porém em Jesus, todos os homens podem encontrar um defensor.
Deus aborrece o pecado, mas ama o homem pecador!

Depois de ouvir a acusação contra aquela mulher, Jesus, inclinando-se, escrevia com o dedo na terra. Jo 8.6
Como insistissem, Jesus em sua sabedoria, sem citar a Lei, disse:

"Aquele que dentre vós está sem pecado seja o primeiro que atire pedra contra ela" e continuou escrevendo na terra.

Jesus levou aqueles homens a refletirem sobre a condição moral e espiritual de cada um deles.
Um a um foram se afastando... A começar pelos mais velhos que tinham muitos pecados para contar...
Os que vieram acusando saíram acusados!
Pecado não é só no corpo, mas também no coração! Mt 5.28

Só havia um que poderia acusar e atirar pedras contra aquela mulher: JESUS, que nunca pecou!
Qual foi a atitude do Senhor? Perdoou!
Homem nenhum tem o direito de julgar e condenar a outros se ele também está na mesma condição. Gl 6.1

Depois que Jesus se levantou, olhou ao redor, e perguntou:
- "Mulher, onde estão aqueles teus acusadores? Ninguém te condenou?"
- "Nem eu também te condeno; vai-te e não peques mais". Jo 8.10-11.

Jesus com a Sua Palavra afastou os que acusavam e com a Sua Palavra trouxe libertação e paz para uma alma oprimida.
- "Nem eu também te condeno".
É isso que as pessoas precisam ouvir... Quantos que não carregam o peso, a culpa de um pecado...
Jesus disse:
- "Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei". Mt 11.28.

Porém, fica a advertência do Senhor Jesus logo após o perdão:
- "VAI-TE E NÃO PEQUES MAIS".

paratambémjesusnãomulherhomemhomensaquelesjesusaquelacontrahavia

João Misael Pagliarin

A palavra de Deus tem poder para curar, salvar, libertar os cativos.

8 Comentários

Sem foto
Marcele Castro ad veiga · 3 anos atrás

NÃO EXISTE MAIS VOLTA NENHUMA AO PASSADO 2016/2017 (João 3: 16-17) - FIM (4) - NÃO EXISTE OUTRO FILHO(A). VOCÊS ME AMARAM, O MUNDO ME AMOU? NÃO AMARAM. "Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho Unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. Portanto, Deus enviou o seu Filho ao mundo não para condenar o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por meio dele" - João 3: 16-17 https://plus.google.com/117369046258657817093/posts/2Bp2uZWRYeG

Sem foto
Gutemberg Oliveira · 3 anos atrás

Gilson em nome de Jesus, de onde vc tirou essa conclusão? quem lhe disse que um animal limparia meus pecados? Se isso fosse verdade então pq Jesus veio? Não adiantava de nada eu sacrificar um animal pensando em pecar de novo, somente Jesus é que nos torna limpos do pecado.

Sem foto
Gilson · 3 anos atrás

Jesus disse: "aquele que ESTIVER sem pecado". Para interpretar esta passagem precisamos entender o contexto histórico da época. Naquele tempo quando um homem cometia um pecado era necessário sacrificar um cordeiro, este sacrifício iria limpá-lo de todo o pecado, e portanto este homem não ESTARIA mais em pecado. Ou seja, se algum homem daquela multidão de acusadores tivesse acabado de sacrificar um cordeiro, ele estaria apto a atirar a primeira pedra. Preocupados em acusar mas não em se purificar

Sem foto
bianca · 4 anos atrás

Sem foto
john · 4 anos atrás

Jesus falou daquele que está sem pecado,momento. Ele não falou aquele que nunca pecou. então no momento todos estavam em pecado e não podia acusar ela,

Sem foto
Mateus Alves machado · 4 anos atrás

As análises sobre o texto a meu ver foi de profundo sentimento teológico .

Sem foto
lusimar c rosa · 5 anos atrás

eu gostei muito porque é um modo de termos mas sabedoria sobre a palavra de deus e sermos mas obediente também e ainda nos ensina a pregar eu tenho muita vontade de aprender a pregar a palavra de deus tem como me ajudar me explicando por onde começar? obrigado por tudo e que deus os abençõe

Sem foto
Domingos Jamba Sawanda · 8 anos atrás

Agora vamos trazer a palavra do Senhor Jesus para nós, que muitas vezes julgamos atos pecaminosos do irmão, por ter praticado pecado que não praticamos, no entanto, estamos contaminados por outros pecados. E o Senhor Jesus nos admoesta dizendo: Não julgueis, para que não sejais julgados, porque com o juízo com que julgardes sereis julgados.

Escreva o seu comentário

Sem foto

Você pode gostar


Estudos Bíblicos

Pesca Maravilhosa

Pedro você quer os peixes, a benção? “Faze-te ao mar alto, e lançai as vossas redes para pescar”.

por João Misael Pagliarin

Estudos Bíblicos

O segredo da prosperidade

Ezequias foi um bom rei, um homem reto. Agradou ao Senhor e a conseqüência disso: Deus o fez prosperar. Tudo o que fazia, para onde ele saia ou ia, Deus abençoava a Ezequias.

por João Misael Pagliarin